Panorama de Hanko, na Finlândia. Foto de Henar Langa, Unsplash.

Finlândia é considerada o “país mais feliz do mundo”

Na véspera do Dia Mundial da Felicidade, a Organização das Nações Unidas apresentou seu World Happiness Report (Relatório da Felicidade no Mundo) Edição 2021, e pela quarta vez consecutiva, a Finlândia foi indicada como o país mais feliz do mundo.

Com uma pontuação de 7,84 em 10, a nação nórdica ficou em primeiro lugar, seguida da Dinamarca e da Suíça. Completam o quadro dos 10 primeiros: Islândia, Países Baixos (estreante entre os cinco primeiros colocados), Noruega, Suécia, Luxemburgo, Nova Zelândia e Áustria. O Brasil ficou em 35º. lugar e Portugal ocupou a 58ª. posição.

O relatório também permite definir o “país menos feliz do planeta”, que nesta edição é o Afeganistão, com 2,52 pontos, atrás do Zimbábue, Ruanda, Botswana e Lesoto. A Índia é um dos países mais populosos com uma classificação muito baixa, ocupando o 139º. lugar.

Na África, o estado mais bem colocado é a República do Congo, que ficou na 83.ª posição, enquanto na Ásia é Taiwan, no 24.º lugar.

Panorama de Porvoo, Finlândia. Foto de Paul Theodor Oja, Pexels
Panorama de Porvoo, Finlândia. Foto de Paul Theodor Oja, Pexels

Este ano, o estudo também foi expandido para incluir alguns dados para medir melhor o impacto da pandemia de COVID-19. Nesta avaliação, a Finlândia ocupa novamente na liderança por ser também um dos países desenvolvidos com o melhor desempenho contra a doença, se destacando “em medidas de confiança mútua que ajudaram a proteger vidas durante a pandemia”, como conta o relatório.

Apesar da medição da “felicidade” ser reconhecidamente subjetiva e se ter um debate em torno do método de cálculo destes índices, o estudo consolidou-se nos últimos anos como uma das principais avaliações do bem-estar social no mundo. Emitido desde 2012, o relatório tradicionalmente compila dados de pesquisas dos três anos anteriores, a fim de aumentar o tamanho da amostra e manter os limites de confiança menores.

Deixa teu comentário